Você já se perguntou “qual o melhor tráfego pago ou orgânico” para o seu site? Essa é uma dúvida comum entre proprietários de negócios online que buscam aumentar sua visibilidade na internet. Neste artigo, vamos explorar as diferenças entre esses dois tipos de tráfego e ajudar a esclarecer qual pode ser mais vantajoso para o seu objetivo.

O tráfego pago refere-se às visitas que são geradas por meio de anúncios pagos, como os links patrocinados no Google Ads. Já o tráfego orgânico é aquele que vem de forma natural, sem necessidade de investimento financeiro, como resultado de um bom posicionamento nos mecanismos de busca. Ambos têm suas vantagens e desvantagens, e é importante entender como cada um pode impactar o seu site.

Ao longo deste artigo, vamos responder a algumas perguntas comuns sobre o assunto, como “qual é mais eficaz para aumentar as vendas” e “como escolher entre tráfego pago e orgânico”. Continue a leitura para descobrir qual estratégia pode ser a mais adequada para o seu negócio online.

Em quais situações seria mais vantajoso investir em tráfego pago em vez de tráfego orgânico?

Uma campanha de tráfego pago será melhor aplicada em projetos bem mais objetivos, com direcionamento bem indicado de público, localização e até meios de acesso do público. O tráfego orgânico, por sua vez, deve fazer parte de uma construção de autoridade.[1]