Os pontos de ancoragem são elementos essenciais para garantir a segurança em diversas atividades, como escalada, rapel e trabalhos em altura. Eles são responsáveis por suportar o peso de uma pessoa, evitando quedas e acidentes. Mas quais são os tipos de ponto de ancoragem disponíveis e qual a diferença entre eles?

Neste artigo, iremos abordar os diferentes tipos de ponto de ancoragem mais comuns, explicando suas características e aplicações. Se você tem dúvidas sobre qual ponto de ancoragem utilizar em determinada situação ou quer saber mais sobre como garantir a sua própria segurança, continue lendo. Vamos explorar essas questões e fornecer respostas úteis para que você possa praticar suas atividades com tranquilidade e confiança.

Fique atento, pois ao longo do texto abordaremos perguntas como “Qual a diferença entre um ponto de ancoragem fixo e móvel?” e “Como escolher o ponto de ancoragem adequado para cada atividade?”. Descubra as respostas para essas e outras questões importantes relacionadas aos pontos de ancoragem.

Quais são os pontos de ancoragem?

Os pontos de ancoragem podem ser fixos ou móveis, dependendo do tipo de serviço, e sempre devem ser determinados antecipadamente. Além dos serviços em altura, trabalhos instáveis – como em andaimes tubulares ou de suspensão – também devem contar com equipamentos desse tipo.[1]