Você já se perguntou qual é a diferença entre antivírus e malware? Embora ambos estejam relacionados à segurança cibernética, cada um desempenha um papel único na proteção do seu computador. Enquanto os antivírus são programas projetados para detectar e remover ameaças específicas, como vírus, cavalos de Troia e worms, o malware é um termo genérico que engloba todos os tipos de software malicioso.

Neste artigo, vamos explorar as distinções entre antivírus e malware, respondendo a perguntas comuns como “Por que eu preciso de um antivírus?” e “Como posso me proteger contra o malware?”. Ao compreender as diferenças entre esses dois conceitos, você estará mais bem equipado para manter seu dispositivo seguro e protegido contra ameaças online. Continue lendo para descobrir como essas ferramentas essenciais podem manter suas informações pessoais e dados sensíveis longe de cibercriminosos.

Se você já se confundiu com os termos antivírus e malware, não se preocupe – estamos aqui para ajudar a esclarecer suas dúvidas e fornecer informações claras e simples sobre esse assunto crucial. Vamos abordar questões como “Quais são os sinais de que meu computador está infectado por malware?” e “Como os antivírus identificam e removem ameaças potenciais?”. Este artigo fornecerá a você um guia prático sobre como se proteger contra as ameaças cibernéticas mais comuns e garantir a segurança dos seus dispositivos.

Qual é a diferença entre um vírus e malware?

Em resumo, malware é um termo genérico usado para se referir a qualquer código ou programa malicioso, como um vírus ou worm. Como resultado, vírus e worms podem ser categorizados como tipos de malware.[1]